segunda-feira, 21 de julho de 2008

Amizade...


Amizade, uns 4 dias antes do dia do amigo escrevi a respeito. estava eu em mais um dia conturbado no trabalho até que como num estalo me veio a mente... conselhos, experiencias. que haviam me confidenciado dias antes.
Escrevi coisas que eu queria falar e não tinha coragem (acho que nunca vou ter). entao abri o bloco de notas, desabafei. logo depois salvei na minha pasta "blog", e de lá não saiu. me acovardei diante de minha timidez e reclusão. pois bem, os dias passaram e realmente esqueci daquelas palavras. mas a meia noite do sábado, recebo uma mensagem... "Feliz dia do Amigo". no momento fui banhado com uma paz e ao mesmo tempo por um profundo sentimento de frustração. não fui capaz de tomar essa iniciativa. afinal, eu estava no momento rodeado deles. logo daqueles que prezo tanto, e nao me acanho em dizer "vos adoro". queria sim dizer a todos, inclusive a um. aquele que prova como a amizade é indiscritivel, que mesmo sendo quase que opostos sei que posso contar com ele, e sempre estarei aqui.
Pois então, passou e esqueci. até que vi a forma como eles, meus amigos, conseguiram transmitir de forma simples e marcante. em seus textos vi que não valia a pena deixar a timidez se por diante da grandeza que é a amizade!

Não vou mostrar o que escrevi, não hoje. a homenagem que faço a ti, meu amigo. não pode ser feita por mim, nao seria capaz de descrever tão bem o quanto és importante pra mim. faço das palavras do mestre Vinicius, minha homenagem.


"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

[não foi um plágio, Ok? apenas as vezes pensamos um pouco parecido >;*]

3 comentários:

Flávio Moreira disse...

Grande Rodrigo, grande Vinicios!

Fran disse...

Eu sei!
:**

Nane Oliveira disse...

Que lindo esse post ;D