sábado, 2 de agosto de 2008

Ego...


Se tem uma coisa que não consigo fazer, travo como uma mula empacada, me descrever. Talvez por que nem mesmo eu saiba quem eu sou. Vivo em constate transformação. Evolução ou regressão... Vai saber.

Pois bem, um amigo que também tinha essa dificuldade achou um modo bastante interessante pra fazer tal coisa, O humor. Será que eu consigo? Será que com antíteses?

Tímido, calmo e recatado. Por vezes um líder, na maioria do tempo apenas um aprendiz.

Extrovertido, impaciente e despojado. Raras as vezes que me abato, mas sempre acho que não fiz o suficiente.

Romântico ao extremo, mas incapaz de demonstrar. Seja com palavras ou ao menos um olhar.

Sonhador, utópico. Mas ainda sim não penso no amanha, deixo que ele venha. Adoro me surpreender.

Realista, sem devaneios. Sei que tudo que vem é bem vindo, ainda que não esteja esperando, que tudo depende de nós... Decisões e atitudes. Se quiser, faça por merecer.

Acima de tudo compreensivo, pra isso não existe antítese. Sempre deixo a razão se sobrepor a qualquer que seja a expressão de meu sentimento

Criança, talvez imaturo. Por vezes ingênuo. Mas não ache que vai esconder de mim suas mentiras. Elas sempre me procuram pra fazer suas confissões.

Estressado. Telefonemas, clientes, impressoras, fiscais, leituras, reduções, lacres. E ainda tem os servidores, concentradores... sem falar na maldita integração (hehehe dilemas do trabalho :P ). Fora as contas pra pagar. Moto, cartão, reteste e mais retestes (Maldita habilitação!).

É realmente me descrever é muito difícil, não consigo nem com minhas antíteses. Talvez eu não tenha definição. E se tenho sou igual a todos, todos que teimam em generalizar tudo.

[Nem assim eu consigo... Alguém se dispõe a fazer minha resenha? \o]

3 comentários:

Kiara disse...

Talvez vc não possa se descrever mais alguns de seus amigos podem falar por vc!Pessoa 10! maravilhosa e isso ja diz muita coisa.
bjus

Flávio Moreira disse...

Já q tenho convicção que vc morrerá primeiro (uahuahuahau), faço sua biografia, pode deixar. Vou te descrever muito bem!

auhuahuhaua abraça, negao!

Nane Oliveira disse...

Como já dizia aquela velha frase Definir é limitar, sugerir é criar :)