quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Hoje...


Bem, Hoje 13 de agosto de 2008. Faz 23 anos que cheguei a esse mundo, e que mundo. Mundo esse que ainda tento me adaptar, meio que sem sucesso. Nota-se pelo meu total depreparo em cada situação, seja ela nova ou antiga. Socrátes em sua frase mais corriqueira, dita, ainda que sem influêcia, minha jornada. "só sei que nada sei" assim buscando aprender mais, e cada lição me modifica de alguma forma. Sou uma escultura trabalhada por um artesão perfeccionista, onde sempre faltará algo e nunca tomará sua forma concreta, perfeita.
Mas de todas as lições, a que mais se faz presente em minha vida hoje é o "Carpe Diem". Não no seu mais literal sentido, de aproveitar o dia. Entretanto, deixar o passado no seu lugar e o futuro guardado como reliquia.
Pois bem, ainda que data e comemorações não me tragam tanto entusiasmo, hoje é um dia especial pra mim. por alguns motivos, Obvios pra quem convive comigo diariamente, e por outros que não chegam a vir ao caso. Mas além deles o que me deixa com sorriso estampado é a forma que me taxam, ainda que eu nao concorde (nem de longe), Me chamam de Poeta! Eu!? Poeta!? sei de minhas qualidades e de meus defeitos, principalmente nessa area. Mas de certo, não existe elogio mais enaltecedor que esse pra mim hoje.

Um comentário:

Flávio Moreira disse...

É isso aí, meu humilde poeta! Parabéns! Continue seguindo em frente, insista, persista, continue tentando fazer a diferença. Vc já faz!
abraçao