terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Radicalismo!?

Enquanto assistia o big brother, o finalzinho, Bial cita a frase de um filosofo mas ela nem vem ao caso. O que eu quero dizer mesmo é o quanto radical eu estava/estou sendo. Chegando a discutir ou ignorar quem assiste/assistia. Boa parte de minha vida fui radical, seja musicalmente, seja politicamente ou mesmo religiosamente. Até que fui afrouxando as rédeas de meus "conceitos", será que o meu radicalismo era realmente coerente?
.
.
.
.
Assistindo pude ouvir e reflectir sobre algo interessante, filosofia. Antes, só ouvia musica que "eu" considerava como "boa". Até que um dia cedi a mim mesmo, afastei as correntes de meu radicalismo, e sai pra dançar forró (até então eu abominava) e o que eu encontro? O Amor pra minha vida.
.
.
Quanto mais taxamos algo como "o certo" ou mesmo "o melhor", acabamos nos privando de conhecer algo. Pois em tudo há o que se aproveitar, nos privamos de crescer, por acharmos que somos grandes por demais. E assim seremos sempre Anões radicais.
.
.
Espero de coração, que eu possa crescer, aprendendo em tudo. Há... e a frase?
.
.
Bial diz: nada é tao difcil quanto nao enganar a si mesmo

4 comentários:

Carla disse...

Li. Adorei. Amei. Muito bom!

. Minduim . disse...

Muito bem dito. Não é bom transitar em extremos. Qualquer forma de restrição é díficil de ser 'desconstruída', por assim dizer. Eu vou um pouco longe, mas não seria um engano de si, e sim, a falta de conhecimento de si. Se é de filosofia que falamos, eu te deixo essa: 'Conhece-te à ti mesmo'.

daniele disse...

Hum bem lagal isso tudo ai...
bjuu
boa noite

Clara Ventura disse...

muito bom rodrigão!
o mundo é tão maior que nosso mundinho,quando abrimos olhos pras diferencas, a visão aumenta e parece que nosso mundinho vai se esticando.